Temporada 21/22

As Incertezas da Fortuna

Marina Orli


Gênero:
Romantasia, Aventura, Mistério, Drama
Status: Finalizada


Sinopse:


Mylène Dupain e Gaspard Orléans estão noivos!


E em meio à nobreza de Chambeaux, os dois tiveram muita sorte de se encontrar. Afinal, eles não apenas se dão bem como também parecem satisfeitos com as vantagens que o casamento trará para ambos.


Porém “parecer” não é “estar”…


E isso fica mais evidente depois de um festival de primavera em que o destino desperta sonhos há tempos renegados e desenterra o passado. Mylène e Gaspard, à sua maneira, acabam embarcando em jornadas individuais, na esperança de logo se encontrarem novamente. Mas será que quando isso acontecer eles ainda ficarão satisfeitos com a vida que levavam antes?


Sobre a autora:
Marina Orli é brasiliense e autora de A parede branca do meu quarto (Tagore Editora) vencedor do prêmio International Latino Book Awards 2015). Além disso, ela também escreveu Correio nada elegante (Página 7) e As Incertezas da Fortuna (primeira obra da Noveletter). Era Marina Oliveira, mas cansou de ser confundida por uma certa cantora gospel.


Equipe:
Bárbara Morais (edição e preparação), Fernanda Nia (ilustrações e título tipografado), Mareska Cruz (revisão), Val Alves (diagramação, edição e preparação).

 


Tratado sobre Tempestades e outros fenômenos extraordinários

Isabelle Morais


Gênero:
Romantasia, Suspense, Ação, Drama

Status: Finalizada

 

Sinopse:

 

Morena e Aleksey não pensaram duas vezes antes de aceitarem participar antecipadamente da Prova de Titulação de Alquimista Extraordinária   quem recusaria a oportunidade de se graduar um ano antes do esperado?


Tudo o que Aleksey mais quer é se graduar como Extraordinário e se mandar para a Capital para juntar aliados para se proteger de seu tio. Mas ainda não se recuperou do tiro que levou um ano antes e não há garantia nenhuma que ele será capaz de chegar até o fim da prova, principalmente depois que descobre uma presença desagradável nas arquibancadas. Agora, com o que ele mais ama em risco, precisa tomar uma decisão difícil que pode mudar sua vida para sempre
e partir seu coração.


Morena cresceu ouvindo que a melhor forma de ser respeitada é pelo poder
e se tornar Extraordinária vai lhe dar tudo o que sua mãe sempre lhe dissera que precisava ser. Ela é tudo que Argon despreza: filha de um estrangeiro, Princesa da região mais odiada pela nobreza antiga, casada com um homem da baixa nobreza que sequer é completamente argoni. Ela está disposta a fazer o que for necessário para ter o poder que precisa mas nada vem de graça, e o preço a pagar pelo que se quer pode ser caro demais.


Não há nada que Ivan não esteja disposto a sacrificar quando se trata de Morena e Aleksey, e passar algumas horas no frio enquanto assiste uma prova de titulação não é nada comparado ao que poderia fazer. Mas quando percebe o que está acontecendo na prova e entende quem é o responsável, sabe que, dessa vez, não pode deixar passar. É a última vez que algo daquele tipo acontece, mesmo que lhe custe algo que ama muito.


O que a magia dá, a magia tira, é o que dizem as
babushki enquanto contam histórias ao redor da fogueira. Ivan, Morena e Aleksey estão prestes a descobrir o quão verdadeiro é esse ditado.


Sobre a autora:
Isabelle Morais é brasiliense e mestre em curiosidades inúteis (e em economia, mas isso é só um detalhe). Gasta seu tempo lendo livros de romances com monstros, jogando The Sims, e lendo e escrevendo artigos acadêmicos. Tratado sobre Tempestades e outros fenômenos extraordinários é sua primeira obra publicada sob esse nom de plume.


Equipe:
Júpiter Figueiredo (ilustração), Lavínia Rocha (revisão), Laura Pohl (preparação), Marina Orli (edição), Val Alves (diagramação e edição), Vitor Castrillo (capa e título tipografado).


Coração Mal-Assombrado

Gih Alves


Gênero:
Romance, terror, drama, fantasia.

Status: Concluída


Sinopse:

 

Quando decidiu entrar para o Centro de Estudos Agnes Dantas, Manu já sabia que teria que se dedicar como uma condenada para manter sua bolsa de estudos naquele prédio velho e mal-assombrado que, vez ou outra, matava “acidentalmente” um de seus estudantes.


O que Manu não imaginava era que, depois da morte de mais um aluno no campus, ela e sua (não mais) amiga, Isadora, fossem obrigadas a trabalhar juntas por conta de um castigo injusto. Sua lista de tarefas já era grande o suficiente sem adicionar “lidar com sentimentos complicados pela pessoa com quem você estragou tudo” a ela.


Para piorar, as duas começam a ser perseguidas por uma assombração ensanguentada, que parece tê-las escolhido como as próximas vítimas da instituição. Entrar para as estatísticas do Agnes Dantas definitivamente não estava nos planos de Manu.


Entre trabalhos, uma investigação sobre o Centro de Estudos e festas desconfortáveis, Manu e Isadora acabam percebendo que o Agnes Dantas não é o único povoado por fantasmas: seus corações também são mal-assombrados.

 

Sobre a autora: Gih Alves é estudante de Comunicação Social e mora em Porto Alegre desde que nasceu. Pode ser encontrada no Twitter falando sobre livros de ficção especulativa e seu amor por vilões ou no podcast “Boca do Inferno” falando sobre Buffy. Escreve sobre amor, poder e garotas com facas, e acredita na importância de narrativas diversas em diferentes tipos de histórias. Há quem diga que chora em qualquer situação, mas não pode confirmar isso pois está ocupada chorando.

 

Equipe: Bárbara Morais (edição e preparação), Marina Orli (edição e preparação) e Val Alves (edição, preparação e diagramação), Natalia Pinheiro (Revisão) e Maria Carvalho (Capa, título tipografado e ilustração).